Cemitérios

Procedimentos para realização do Funeral Assistencial pela Funerária Municipal de Bauru

A Emdurb – Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano e Rural de Bauru é a gestora da Funerária Municipal “Cidade de Bauru” e dos Cemitérios Municipais “Saudade”, “Redentor”, “São Benedito”, “Cristo Rei” e “São Pedro” (Tibiriçá).

Seguindo regras contratuais com a prefeitura municipal, a Emdurb não realiza funerais particulares, somente assistenciais. Para tanto, há um procedimento a seguir quando um munícipe requer o serviço assistencial para realização de funeral da Emdurb, sendo:

Quando um munícipe desejar obter os serviços do Funeral Assistencial, a primeira providência a ser tomada é dirigir-se ao Serviço Social(CRAS) do município, levando os documentos pessoais e documentos da pessoa falecida. O CRAS não funcionam 24 horas, porém no Pronto Socorro Central há plantão 24 horas fazendo este atendimento. No Serviço Social o munícipe passará por Avaliação Sócio Econômica, sendo a avaliação aprovada, de imediato, leva o parecer favorável para a Funerária Municipal da EMDURB situada na avenida Rodrigues Alves, quarteirão 19 s/nº. A Funerária Municipal funciona 24 horas, todos os dias, inclusive domingos e feriados. Chegando na Funerária, o munícipe será atendido prontamente, sem custo algum. No Funeral Assistencial está incluso, o Funeral, Sala Velatória, Urna, Jazigo para o Sepultamento por 03 anos, Translado e Certidão de Óbito. Não são fornecidas flores. O sepultamento de adultos é efetuado no cemitério Cristo Rei, o sepultamento de crianças é realizado no Cemitério Redentor. A família do sepultado poderá optar por fazer o velório nas salas velatórias dos Cemitérios da Saudade, Redentor ou Cristo Rei. Há a possibilidade do velório ser realizado na residência, igrejas, salões comunitários ou outros locais. É aconselhável que o velório seja feito próximo ao local do sepultamento. Só é permitido velórios dentro do município e no perímetro urbano. A Emdurb não atende funerais de outros municípios.



Assessoria de Comunicação - Emdurb

29/08/2011